<body><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d31896494\x26blogName\x3dO+Murm%C3%BArio+das+Ondas\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dBLUE\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttp://luisgrodrigues.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3dpt_PT\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttp://luisgrodrigues.blogspot.com/\x26vt\x3d1252768961611837838', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script>

segunda-feira, julho 31, 2006

Cheguei...

... e entrei. Mergulhei nesta casa que sonhei, que o Paulo construiu e que a Cristina decorou. O chão é de areia fina e branca, decorado com conchas e búzios e atapetado com algas macias. As paredes cheiram a sal, a aventura, ao desconhecido. Olho para cima e vejo os raios de lua que mergulham esplendorosos neste mar que é o meu abrigo. Pouso a mala no chão e elevo-me à superfície. A minha barba áspera, por fazer, recebe o beijo das ondas que murmuram seduções e envolvências. Que me beijam e acariciam. É um nova realidade. É um novo projecto. O primeiro passo está dado. Outros seguirão.


As apresentações:

O texto de abertura do blog é um excerto d' "O Assobiador" de Ondjaki. Abre este blog porque retrata a experiência de Dissoxi, uma mulher que cresceu à beira mar e que fez dele a sua casa, a sua pele. Posteriormente vai morar para o interior do continente africano. Insatisfeita, vive numa casa de mar, rodeada do sal que lhe temperou a juventude. Um dia sonha que volta a mergulhar em casa e regressa ao mar. Eu também sonhei com um horizonte novo e vim aqui ter.

O designer deste blog:

Paulo Nogueira da Silva

Air - Bach