<body><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d31896494\x26blogName\x3dO+Murm%C3%BArio+das+Ondas\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dBLUE\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttps://luisgrodrigues.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3dpt_PT\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttp://luisgrodrigues.blogspot.com/\x26vt\x3d6077318278056400174', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script>

domingo, fevereiro 08, 2009

Da água que escorre pelas páginas nas tardes de chuva


O meu corpo desfez-se pouco a pouco com a humidade. Apodreceu entre ferrugens e saudade, empapado pelo suor de amores passados. O ar é pesado, saturado de solidões nas tardes chuvosas dos domingos deste Inverno. Sufoco. Braços, corpos, ventos loucos e a distância é tanta, rasgada na minha pele. Os cabelos colam-se-me à pele e a pele à alma e a alma não voa. Sufoco, já te disse: a alma não voa.


(Pintura: "Flood", por Gertrude Abercrombie)

8 murmúrios:

Blogger Maria murmurou...

Belo!
Respira fundo, talvez a alma se solte...

Beijinho, Luís

6:35 da tarde  
Blogger pinguim murmurou...

Quem disse que a alma não voa???

6:43 da tarde  
Blogger Daniel Silva (Sair das Palavras) murmurou...

Olá de novo. Como fazer para seguir o teu perfil? Quero ler-te como quem ouve ao vivo um amigo especial segredar-nos coisas aos ouvidos enquanto nos massaja a alma...

6:55 da tarde  
Blogger Cleopatra murmurou...

A alma vôa sim. Há que ensiná-la a voar.

Há lá um prémio para um blog magia. O teu também é.

8:48 da tarde  
Blogger White murmurou...

A alma é aquela que nos faz a vida negra. Queria conseguir não ouvi-la falar,,, mas grita tão alto que as vezes nem deixa dormir.

Abraço para ti e bom regresso às palavras

4:02 da manhã  
Blogger Cleopatra murmurou...

Luis, vai lá à postagem Blog magico, porque é magia encontrar um homem que escreve assim....

11:20 da tarde  
Anonymous Maria Elvira Bento murmurou...

Não há muito tempo, numa das ruas da Net, dei consigo e gostei! Obviamente gostei, tem tudo para envolver. Voltei a passar com frequência e, continuo a gostar. Mas, sabe, a alma voa mesmo!...

4:48 da tarde  
Blogger Vitorina murmurou...

Lindo o teu blogue. Simplesmente espectacular. Adorei o som de entrada!

10:45 da manhã  

Enviar um comentário

:: INÍCIO :: O Murmúrio das Ondas ::


Air - Bach