<body><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d31896494\x26blogName\x3dO+Murm%C3%BArio+das+Ondas\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dBLUE\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttps://luisgrodrigues.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3dpt_PT\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttp://luisgrodrigues.blogspot.com/\x26vt\x3d6077318278056400174', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script>

terça-feira, junho 09, 2009

Rasgando um sorriso destilado na palavra escrita (Perdida na Noite)


Nas tardes em que descemos até à cave e mergulhamos no ventre pétreo onde o frio nos sussurra o fermentar do vinho. Naquelas em que corremos como loucos até nos perdermos planície adentro. Papoilas rubras que crepitam de desejo sob o sol tórrido que nos banha o corpo enquanto nos amamos. Quando mergulho e não sei que ânsia me puxa ao de cima: se respirar, se ver-te na areia a olhar para mim. Quando depositas a oblação dos teus beijos no altar do meu corpo. Quando me olhas e eu te olho e Deus grita a sua existência num mundo que fervilha e explode de vida à nossa volta. Nessas tardes sou mais eu. Porque mais teu.


(imagem: "Red field", por Richard Herman)

2 murmúrios:

Blogger pinguim murmurou...

Verdadeiramente belo; e a Nocturna vai adorar...
Abraço.

12:55 da manhã  
Blogger Nocturna murmurou...

Que dizer ?
Muito belo , com o é tudo o que escreves, mas... o que eu QUERO é que te sintas feliz e realizado. Que nesse teu rosto haja sempre um belo sorriso.
Muito obrigada.
Um grande , grande abraço
Nocturna

11:18 da tarde  

Enviar um comentário

:: INÍCIO :: O Murmúrio das Ondas ::


Air - Bach